MAIS FACILIDADE

Faça sua reserva e retire na loja.

MAIS VANTAGENS

Cobrimos qualquer orçamento.

FRETE GRÁTIS

Na região - Consulte!

Rede de Franquias Pinta Mundi Tintas duplica número de lojas e quer mais em 2021

Rede de Franquias Pinta Mundi Tintas duplica número de lojas e quer mais em 2021

16/01/2021 da Redação Empresas
Texto: Redação Revista Anamaco

O ano de 2020 poderia ter sido bastante restritivo, mas foi de forte crescimento para a Pinta Mundi Tintas, empresa com dez unidades próprias e 30 franqueadas, total superior ao projetado para o ano, que era chegar a 30 pontos de venda. “Duplicamos o número de lojas e o faturamento em 2020”, revela Shirleine Diniz, executiva de expansão da empresa, que faturou 104,27% a mais do que em 2019.A executiva destaca que o sucesso é fruto de um conjunto de fatores, a começar pelo modelo de negócio desenhado pela Pinta Mundi Tintas. “É um formato novo, de lojas compactas, modernas, com layout bacana, simpática, limpa, convidativa, com mix completo e variado e atendimento que chama para si a responsabilidade de encontrar a solução para a necessidade do cliente”, explica. Shirleine compara o modelo com as lojas convencionais, que exigem área média de 400m², estoque acima de R$ 300 mil, cerca de dez funcionários e que comercializam tintas da mesma forma há muitos anos, com foco nos itens de curvas A, B e C.

Com investimento inicial a partir de R$ 159 mil, o franqueado da Pinta Mundi Tintas pode optar por um ponto de venda entre 80 m² e 99 m², indicado para cidades com 40 mil e 50 mil habitantes, mix completo de diversas marcas de tintas e acessórios e estoque de R$ 80 mil, que pode ser administrada pelo proprietário e mais um funcionário, com custo reduzido de gestão. 
Outra opção são unidades com tamanho acima de 100m², para cidades acima de 60 mil habitantes e estoques de R$ 120 mil. “A única forma de perder venda é não ter produto, porque as pessoas vão a uma loja de tintas para comprar e não para passear”, destaca. 
A Pinta Mundi Tintas trabalha com lojas novas e está aberta a pessoas com perfil empreendedor, que tenha deixado o mercado de trabalho e não queiram atuar em shoppings centers. A intenção é fazer com que o franqueado tenha lucro e trabalhe em horário comercial e tenha tempo para o lazer. “Uma coisa é faturar, outra é lucrar. É preciso cuidar dos impostos, dos custos, mas o modelo é focado no lucro de 15% a 20% mensais”, afirma Shirleine.

Disposição e afinidade com o setor

O candidato a franqueado deve ter afinidade com construção e com vendas, bom relacionamento com pessoas, se dispor a ser um consultor de pintura e gostar de gente, além de ter um olhar voltado ao negócio e estar disposto a seguir regras e padrões.
A empresa se compromete a dar todo o suporte de treinamentos, desde gestão, produtos, marketing, etc., com treinamentos voltados também aos pintores. “Nossos franqueados bateram 150% da meta em abril de 2020”, conta, mesmo com a queda de 30% nas vendas em novembro, que não impediram a manutenção das vendas ainda em índices elevados.
O modelo desenhado pela Pinta Mundi Tintas foi formatado em 2017 e testado durante um ano. “Iniciamos com três lojas. Tudo foi muito bem planejado. Somos bem vistos pela indústria, pois mesmo durante a pandemia, abríamos lojas a cada quinze dias”, explica a executiva.
O objetivo para 2021 é atingir o total de 100 unidades e parte das novas lojas deverá ser aberta por proprietários de unidades já estabelecidas. Segundo a executiva, 85% dos franqueados têm interesse em abrir o segundo ou terceiro ponto de venda.Com unidades nos Estados da Bahia, Minas Gerais, Paraná, Roraima, Santa Catarina e São Paulo, a empresa pretende chegar à Paraíba, Acre, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. “Olhamos para o Brasil todo, especialmente para o interior, a cidades com mais de 40 mil habitantes”, observa. A empresa conta com um estudo de geomarketing para a indicação potencial de novas unidades.
O franqueado pode acompanhar o gerenciamento da loja a partir de um aplicativo específico, sem a necessidade de estar presente fisicamente no ponto de venda, o que contribui para fazer outras atividades diárias e acompanhar o dia a dia dos negócios quando possui mais de uma unidade.
Para atingir a meta de inaugurações no ano, Shirleine reconhece que dependerá de questões macroeconômicas, mas afirma que há muitos candidatos dispostos a empreender, muitas pessoas estão saindo de seus empregos e estão capitalizadas para abrir um negócio.
O mercado de construção tende a crescer mais na avaliação da executiva, que acredita que os cuidados da casa caíram no gosto das pessoas e a tinta faz parte desse novo comportamento. “A economia está sendo retomada, as pessoas precisam trabalhar. O mercado de franquias cresceu demais no último semestre, com exceção dos setores de alimentação, roupas e calçados”, finaliza.

Deixe seu comentário clicando aqui

Deixe seu comentário!

As melhores marcas em um só lugar!

CADASTRE-SE

Receba nossas promoções e novidades por e-mail!

Siga-nos

Criado por ContactoNET